Novo método de Fiscalização para 2020

O diretor da Administração Tributária DIAT, Rogério de Mello Macedo da Silva, representando o Governo do Estado de Santa Catarina, apresenta o novo método de fiscalização. Nele, os novos auditores do FISCO Estadual de SC, a partir de 13 de janeiro de 2020, farão intimações mensais aos contadores que entregarem SPED Fiscal (EFD ICMS IPI) sem controle, ou seja, com informações inconsistentes, como ainda ocorre hoje por uma parcela das empresas. 

Segundo o diretor, agora a SEFAZ terá braço digital para cruzar as informações com o controle "físico" e financeiro de todas as entradas (permite crédito integral de todas as entradas pelo provável novo Imposto IBS - Imposto sobre Bens e Serviços -, que possibilita ao FISCO o controle total de todas as movimentações).

O novo método de trabalho dos novos auditores fiscais consiste no contato direto com os contadores, que mudará a forma da SEFAZ/SC trabalhar. Dessa forma, em qualquer divergência, o contador será intimado a dar explicações sobre o porquê não está fechando o estoque, por exemplo. É CONTROLADORIA pura, com fechamento físico e financeiro do estoque (Estoque Inicial + Compras = Vendas + Estoque Final). 

A base é a contabilidade que gera o SPED, pois não se pode fazer Gestão Tributária sem um controle robusto, e as empresas que não trilharem esse caminho terão sérios problemas para explicar ao FISCO. Da mesma forma, as empresas "noteiras" do varejo com venda de crédito de ICMS, bem como a indústria de transformação: onde a situação fica muito mais evidente e o problema exposto, pois percebe-se que são poucos os estoques que fecham com a fórmula acima, que fazem contagem clínica e que emitem nota fiscal de baixa de estoque por falta de mercadoria. 

Acabou a informalidade em Santa Catarina. A Controladoria assume um papel relevante e imprescindível, com base em uma contabilidade consistente conduzida por profissionais preparados, comprometidos e éticos na condução do seu trabalho. Da mesma forma, o controle de estoque é o mais importante na indústria e comércio, pois permite ao empresário tomar decisões estratégicas de giro, margens, mix de vendas, barganha nas compras, uso adequado dos canais de distribuição, definição correta do preço de venda e tantas frentes. Chegou o momento de colher os frutos desse trabalho que gera LUCRO, empregos e desenvolvimento à sociedade. 

Confira o depoimento do Diretor Rogério de Mello:

Newsletter
Newsletter
Prometemos não lotar sua caixa!